> Shobogenzo Zuimonki (26) – Livro 2 Parte 4

Se do fundo do seu coração você considerar que aquilo que você conquistou através de estudo ao passar dos anos com muito esforço não pode ser abandonado facilmente, tal mente em si mesma é limitada pela vida-morte (samsara)..

LIVRO 2

2-4

Em uma palestra vespertina, Dogen disse:

         Um estudante do Caminho deve abandonar sentimentos humanos[1]. Abandonar sentimentos humanos é praticar seguindo o buda-darma. A maioria das pessoas no mundo tem sido arrastada pela mente hinayana[2], discriminando entre o bem e o mal, distinguindo certo e errado, visando obter aquilo que é bom enquanto descarta o que é ruim. Isso é causado pela mente hinayana. Em primeiro lugar, simplesmente abra mão de sentimentos mundanos e entre no Caminho de Buda. Para entrar no Caminho de Buda, abstenha-se de fazer julgamentos baseados na discriminação entre bem e mal, não se apegue a suas condições físicas e mentais; siga os ensinamentos verbais e as formas de agir sem se preocupar com bem e mal. O que você pensa que é bom e o que os outros no mundo pensam que é bom nem sempre é bom. Portanto, esqueça o ponto de vista dos outros; deixe de lado sua própria mente e siga os ensinamentos de Buda. Mesmo que seu corpo sofra e sua mente esteja aflita, decida abandonar corpo e mente, e pratique o que Buda e os ancestrais, nossos veneráveis predecessores, praticaram, mesmo se for doloroso ou lhe causar aflições. Mesmo que você pense que algo é bom e condiz com o Caminho de Buda e queira praticar isso, não leve adiante se não tiver sido feito pelos budas e ancestrais. Se fizer isso, você terá compreendido o portal do darma (ensinamentos sobre o darma) perfeitamente.

         Deixe de lado tanto mente quanto pensamentos baseados nos vários ensinamentos que você aprendeu no passado e gradualmente volte sua mente às palavras e feitos dos budas e ancestrais que você está encontrando bem agora. Ao fazer isso, sua sabedoria crescerá e o satori se abrirá por conta própria. Abandone até mesmo seu entendimento sobre o que você aprendeu dos escritos das escolas-de-treinamento se houver razão para tal, e veja as coisas da perspectiva que mencionei. Estudar o portal do darma nada mais é do que partir do (samsara) e alcançar o Caminho.

         Se do fundo do seu coração você considerar que aquilo que você conquistou através de estudo ao passar dos anos com muito esforço não pode ser abandonado facilmente, tal mente em si mesma é limitada pela vida-morte (samsara).

         Considere isso cuidadosa e minuciosamente.


[1] Neste caso, sentimentos humanos se referem tanto a pensamentos quanto a emoções baseadas no egocentrismo, discriminação e preferência. Estas são as raízes das delusões.

[2] Aqui, mente hinayana significa a atitude de praticar apenas pelo bem da auto-emancipação ou para escapar do samsara pelo próprio esforço. Tal como o espirito de um bodisatva, devemos fazer o voto de salvar todos os seres. No Shobogenzo Hotsubodaishin (Despertando a mente Bodai), Dogen disse: “Despertar a mente bodai é fazer o voto e trabalhar pela salvação de todos os seres vivos antes de salvar-se a si mesmo.”