> Shobogenzo Zuimonki (40) – Livro 2 Parte 18

Se estivermos livres de nos agarrar àquilo que temos e ao mesmo tempo não corrermos atrás daquilo que não temos, ambas as maneiras estão corretas.

LIVRO 2

2-18

Ejo perguntou certa vez:

            “Como uma atividade de praticantes Zen, consertar ou remendar roupas velhas e esfarrapadas ao invés de jogá-las fora, parece ser apegar-se às coisas. Por outro lado, abandonar roupas velhas e usar novos mantos revela que estamos correndo atrás de coisas novas. Ambas as atitudes estão erradas. Afinal, o que devemos fazer?”

Dogen respondeu:

            “Se estivermos livres de nos agarrar àquilo que temos e ao mesmo tempo não corrermos atrás daquilo que não temos, ambas as maneiras estão corretas. Ainda assim, seria melhor remendar roupas rasgadas, de modo a mantê-las pelo tempo que for possível e não buscar adquirir novas vestimentas.”