> Shobogenzo Zuimonki (61) – Livro 3 Parte 13

(…) não evite praticar por medo de ser caluniado pelos outros. Ademais, aqueles que lhe caluniam ou que lhe elogiam não são necessariamente aqueles que penetraram e obtiveram a prática dos budas e ancestrais”.

LIVRO 3

3-13

Dogen também disse:

Estudantes do Caminho geralmente dizem que se fizerem tais e tais coisas, as pessoas do mundo irão reprová-las. Isso está totalmente errado. Mesmo que as pessoas critiquem você, se é a atividade dos budas e ancestrais, e está de acordo com os ensinamentos sagrados, você deveria continuar e praticá-la. Mesmo que as pessoas do mundo o elogiem, se não estiver prescrito nas escrituras sagradas e nem é o que os ancestrais fizeram, você não deve praticar isso. E o motivo é que, mesmo se as pessoas no mundo, sejam elas íntimos ou estranhos, elogiem ou critiquem você, e você siga as opiniões delas, quando você encarar a morte e cair nos reinos maus, empurrado por suas próprias ações más, nenhum deles poderá salvá-lo. Além disso, mesmo que você seja reprovado e odiado por todos, se você pratica confiando unicamente no Caminho dos budas e ancestrais, você certamente será salvo. Então, não evite praticar por medo de ser caluniado pelos outros. Ademais, aqueles que lhe caluniam ou que lhe elogiam não são necessariamente aqueles que penetraram e obtiveram a prática dos budas e ancestrais. Como é possível julgar o Caminho dos budas e ancestrais por meio de valores mundanos de bem e mal?

Portanto, não dependa de sentimentos de pessoas mundanas. Se uma ação deve ser levada adiante de acordo com o Caminho de Buda, pratique-a incondicionalmente.