> Zazen por…Yasutani Roshi

“O sentar-se reúne os três elementos fundamentais do budismo, isto é, os preceitos, o poder de concentração e o satori-sabedoria.

É óbvio, naturalmente, que a concentração é fortalecida e a mente desenvolve a estabilidade, mas poderá ser menos óbvio para você que o seu olho de verdadeira sabedoria vai-se abrindo gradualmente, à medida que sua natureza pura essencial é purificada de suas ilusões e se ordena por meio do sentar-se sincero e fiel.

Com relação aos preceitos, é claro que ninguém pode matar ou roubar ou mentir durante o zazen. Num sentido mais profundo, entretanto, a observância dos preceitos se fundamenta no zazen, porque, através do zazen, você vai gradualmente se libertando das ilusões básicas que levam o homem a cometer o mal, a saber, a ilusão de que o mundo e a própria pessoa são separados e distintos.

Essencialmente não existe tal bifurcação. O mundo não está fora de mim – é eu mesmo! Esta é a realização de sua natureza-Buda, da qual a observância dos preceitos surge naturalmente e espontaneamente. Para ter certeza, quando você tiver percebido seu verdadeiro Eu, tudo isto terá sentido para você, mas sem esta experiência o que acabo de dizer é difícil de compreender”.

Excerto do livro “Os três pilares do Zen”, de Phillip Kapleau