> Shobogenzo Zuimonki (48) – Livro 2 Parte 26

“(…) Se apenas pensarmos no buda-darma com nossas mentes nunca compreenderemos o Caminho, mesmo em mil anos ou miríades de éons. Quando abrirmos mão de nossas mentes e deixarmos de lado nossas visões e compreensões o Caminho será efetivado. (…) Portanto, quando deixarmos completamente de lado nossos pensamentos e visões e praticarmos shikantaza, nos tornaremos íntimos do Caminho. Por esta razão o Caminho é sem duvida obtido através do corpo. É por isso que eu os encorajo a praticar zazen com toda sinceridade

LIVRO 2

2-26

Dogen também disse,

O Caminho é alcançado através da mente ou do corpo? Nas escolas de treinamento é dito que uma vez que corpo e mente não estão separados, o Caminho é obtido através do corpo. Ainda assim, não fica claro que obtenhamos o Caminho pelo corpo, porque eles dizem “uma vez que” corpo e mente não são separados. No Zen o Caminho é obtido através de ambos, do corpo e da mente.

Se apenas pensarmos no buda-darma com nossas mentes nunca compreenderemos o Caminho, mesmo em mil anos ou miríades de éons. Quando abrirmos mão de nossas mentes e deixarmos de lado nossas visões e compreensões o Caminho será efetivado. Um sábio clarificou a Mente Verdadeira (Realidade) quando ele viu flores de pêssego e outro compreendeu o Caminho quando ouviu o som de uma telha batendo em um bambu[1]. Eles obtiveram o Caminho através de seus corpos. Portanto, quando deixarmos completamente de lado nossos pensamentos e visões e praticarmos shikantaza, nos tornaremos íntimos do Caminho. Por esta razão o Caminho é sem duvida obtido através do corpo. É por isso que eu os encorajo a praticar zazen com toda sinceridade.


[1] Referência a Reiun Shigon (Lingun Zhixian, ?-?) e Kyogen Shikan (Xiangyan Zhixian, ?-840), que eram discípulos do Mestre Zen Isan Reiyu (Guishan Lingyou, 771-853).